Wilson Dias

Wilson Dias

  • Informações da Banda

    Wilson Dias

    Wilson Dias

    Wilson Dias
    Quando a vida legitima a arte.

    Muitos elementos contribuem para a formação e o desenvolvimento de um artista, para forjar as características do seu trabalho e definir seu relacionamento sua cultura, bem como traçar o perfil de seu público. É o conjunto destes elementos articulados dialeticamente ao longo de toda uma carreira que garante o nome que carrega e sustenta suas conquistas em termos estéticos e de mercado. É este o caso do cantor, compositor e violeiro Wilson Dias, mineiro de Olhos D’Água, no Vale do Jequitinhonha, lugar especial, porque é ponto de partida de uma trajetória de sucesso.

    Foi desse pequeno celeiro cultural que Wilson Dias herdou e trouxe para a arte as benéficas influências da vida em comunidade, da cultura e da arte popular, em suas manifestações tanto religiosas, quanto profanas. Enriquecido pelo berço onde nasceu, o artista cresceu aberto para a vida e livre para experimentar e se enriquecer ainda mais culturalmente, com todas as influências e experiências oriundas do folclore e da seresta mineira.

    E mais, pode, sem perigo de contaminação negativa, ouvir de tudo – do samba ao bolero, do rock ao Jazz – e de tudo extraindo o que é a essência de um músico profissional: o amor e o gosto pela música e o conhecimento de seus princípios fundamentais, como ritmo, harmonia, melodia, sem se fechar, sem se limitar a um só estilo ou forma de realizar suas composições.

    Graças a sua dedicação, ao seu empenho e ao seu profissionalismo Wilson Dias teve condições de há mais de vinte anos viver exclusivamente de seu trabalho musical. Não é por acaso que dois de seus dois filhos, Wallace Gomes (violão) e Pedro Gomes (baixo), estão seguindo a força de seu carisma e de seu exemplo, dividindo com ele os desafios e as alegrias do palco em quase todas as suas apresentações. Esteticamente, além da diversidade de ritmos da Música Popular Brasileira, o artista vem direcionando sua carreira para o encontro entre a tradição e o urbano com um viés especial para a cultura popular brasileira.

    Sensível e atento às coisas da terra e da vida, Wilson Dias conta que “certa vez, quando eu ainda era criança, fiquei observando um pequeno bicho que carregava uma carga imensa em suas costas. Eu quis tocá-lo, mas meu pai me interrompeu dizendo para ter muito cuidado, pois se tratava do “bichinho da fartura”, anunciando tempo bom e colheita abundante para aquele ano. Pois bem, se eu pudesse soprar no ouvido de cada filho dessa pátria, eu diria que a cultura popular é exatamente esse bichinho.
    Ela é a locomotiva que conduz o trem da vida. Está presente em tudo. Canto, dança, crença, fala, livros, cores, soluções para os problemas. É passado e presente apontando o futuro. Propõe que nos encontremos e nos reconheçamos uns nos outros, afirmando a nossa história de gesto e rastro. Através dela, cantamos e contamos nossa aldeia na esperança de, ao menos, tangenciar essa misteriosa construção chamada ser humano. Viva o povo brasileiro!”
    Este é Wilson Dias, cantor, compositor e violeiro que canta com alegria e compromisso a terra, a arte e, a cultura e alma de sua gente. E seu canto é legítimo e forte porque tem suas raízes fincada no mesmo chão onde vive e canta o seu povo.

    Participa também do projeto Vivaviola, que reúne seis nomes da autêntica viola caipira de dez cordas em Minas – Pereira da Viola, Chico Lobo, Bilora, Joaci Ornelas e Gustavo Guimarães - lançado com sucesso em outubro de 2008 no Teatro Alterosa - Belo Horizonte, resultando no CD homônimo lançado no Grande Teatro do Palácio das Artes em agosto de 2009, e Turnê pelas cidades de São João Del Rei, Diamantina, Paraty, Ouro Preto e Congonhas, patrocinado pela Natura Musica, com grande aceitação do público e da mídia.

    Toda a força deste talento mineiro, toda a riqueza de sua arte musical estão bem representados nos seus discos, gravados ao longo de vinte anos de trabalho e de muita estrada. Neles estão presentes sua visão de mundo, seu respeito à natureza, seus valores éticos e seu compromisso socioculturais, dos quais Wilson Dias, sempre coerente com o que pensa e canta, não abre mão.

    1 - “Pequenas Histórias” (1997);
    2 - “Outras Estórias” (2002) –
    3 - “Picuá” (2007 - selecionado ao Prêmio Tim de Música Brasileira);
    4 – CD Coletivo – “VivaViola – 60 cordas em movimento” (2009);
    5 - “Pote – A melodia do chão” – (2010);
    6 – “Mucuta” – (2011) instrumental – Lançado em novembro de 2011 no Teatro Alterosa.
    7 – CD Coletivo – VivaViola- Viva a Cantoria – (2013)
    8 – LUME (2013) – lançado em novembro (2013) no SESC Palladium – (Pré-selecionado ao prêmio de Música).
    Um dos 12 violeiros escolhidos como destaques para representar os mais de 400 violeiros e violeiras do Festival Voa Viola e selecionado para se apresentar na cidade de Recife, Teatro de Santa Izabel. Ainda no Festival, premiado na categoria “Canção” entre as cinco modalidades que assinalaram a diversidade das expressões ligadas à viola no Brasil.
    Em Janeiro de 2011, recebeu o Prêmio Rozini de Excelência da Viola.

    Integrantes:
    Wilson Dias - voz e viola caipira
    Wallace Gomes - Violão
    Gladson Braga - percussão
    Pedro Gomes - baixo

    Downloads: Mapa do Palco Rider

    Telefone: 31 2523-0771 - 8515-7122 - 9113-1626
    E-mail: [email protected]

    Origem: Belo Horizonte - mg (Brasil)

    Residência: Belo Horizonte - mg (Brasil)

    Estilo
    Regional, Instrumental

    Redes Sociais

  • Wilson Dias

    wilson-dias-credito-rodrigo-valente-copy-4e33175218fd4.jpg wilson-dias-credito-cleverson-montanha_3-4e332843ef307.JPG show-mucuta-credito-gustavo-guimaraes-4f2bfb726db99.jpg imagem-915-4f2bfbe236f28.jpg wilson-dias-por-marcelo-oliveira-32-55db3f877800b.JPG wilson-dias-por-marcelo-oliveira-17-55db60919ec98.jpg
  • Músicas

  • Vídeo

  • Proposta de show

    Cantor, compositor e violeiro, canta com alegria e compromisso a terra, a arte, a cultura e alma de sua gente. E seu canto é legítimo e forte porque tem suas raízes fincadas no mesmo chão onde vive e canta o seu povo.
    Toda a força deste talento mineiro, toda a riqueza de sua arte musical estão bem representados nos seus discos, gravados ao longo de mais de quinze anos de trabalho e de muita estrada. Neles estão presentes sua visão de mundo, seu respeito à natureza, seus valores éticos e seu compromisso sócio-culturais, dos quais Wilson Dias, sempre coerente com o que pensa e canta, não abre mão.

    1 - ?Pequenas Histórias? (1997); independente
    2 - ?Outras Estórias? (2002 - selecionado ao Prêmio Tim de Música Brasileira, categoria regional);
    3 - ?Picuá? (2007 - selecionado ao Prêmio Tim de Música Brasileira);
    4 ? CD Coletivo ? ?VivaViola ? 60 cordas em movimento? (2009).
    5 - ?Pote ? A melodia do chão? ? (2010).
    6 - Mucuta - (2011)

    Um dos 12 violeiros que foram escolhidos como destaques para representar os mais de 400 violeiros e violeiras do Festival Voa Viola e selecionado para se apresentar na cidade de Recife, Teatro de Santa Izabel. Ainda no Festival, premiado na categoria ?Canção? entre as cinco modalidades que assinalaram a diversidade das expressões ligadas à viola no Brasil.
    Em Janeiro de 2011, recebeu o Prêmio Rozini de Excelência da Viola Caipira na categoria ?Interprete?.

    Ficha Técnica do Espetáculo:
    Músicos:

    Wilson Dias ? Voz e viola caipira;
    Gladson Braga ? Percussão;
    Wallace Gomes ? Violão.
  • Informações da banda

    Wilson Dias

    Wilson Dias

    Integrantes:
    Wilson Dias - voz e viola caipira
    Wallace Gomes - Violão
    Gladson Braga - percussão
    Pedro Gomes - baixo

    Downloads: Mapa do Palco Rider

    Telefone: 31 2523-0771 - 8515-7122 - 9113-1626
    E-mail: [email protected]

    Origem: Belo Horizonte - mg (Brasil)

    Residência: Belo Horizonte - mg (Brasil)

    Estilo
    Regional, Instrumental