Vitrola Azul
  • Informações da Banda

    Vitrola Azul

    Vitrola Azul

    Release

    A banda Vitrola Azul tem como estilo não se limitar a um estilo só. Com base nas suas diversas influências de rocks antigos e música popular brasileira, além do samba e pitadas de funk e psicodelia, a banda cria uma identidade que se traduz em um trabalho em sua maior parte autoral, com um som dançante e de melodias bem trabalhadas.

    Com mais de 4 anos desde sua criação, trazendo na bagagem eventos musicais e diversas apresentações significativas, para o cenário da música independente de Salvador, o grupo atualmente é composto por Helder Matos, voz e guitarra, Davi Correia, voz e guitarra, Thiago Lucas, voz e baixo, e Danilo Andrade na bateria.

    No início de 2013, com o lançamento do EP Mais Louca Alegria, deu-se início à turnê de shows, começando pelo festival Munhozstock VI, que acontece na cidade de Munhoz-MG.

    Downloads: Mapa do Palco Rider

    E-mail: [email protected]

    Origem: Salvador - ba (Brasil)

    Residência: Salvador - ba (Brasil)

    Redes Sociais

  • Vitrola Azul

    A Vitrola Azul iniciou suas atividades em setembro de 2007, em Salvador - BA, apresentando um repertório predominantemente autoral, estimulada por bandas como Los Hermanos e Cidadão Instigado, que estavam naquele momento desenvolvendo uma nova estética sonora, misturando o rock com elementos da MPB. Essa influência posteriormente gerou uma postura de pesquisa e a busca por um trabalho que, embora sempre tendendo ao rock, não se limitasse a genêros musicais, deixando transparecer livremente nos shows elementos do blues, funk, ska, samba, baião, jazz ou mesmo variações do rock (progressivo, rockabilly, pop rock...). Já integraram o show covers de Chico Buarque, Caetano Veloso, Fagner, Beatles e Arctic Monkeys.

    Rapidamente se integrando ao cenário musical local, sendo anfitriã ou convidada, realizou diversas apresentações e temporadas entre 2007-2010, nas casas de show da cidade, universidades e eventos. Mesmo sem um disco gravado, contando apenas com gravações caseiras, o carisma da banda ao vivo e a empatia das pessoas pelas canções autorais resultou em shows cheios e um público fiel.

    Em 2009 obteve grande destaque ao organizar a Tarrafada, evento multi-arte que reuniu poesia, teatro, feira de trocas, grafite, fotografia, pintura, circo, mostra de cordelistas, tatuagem, moda, ilustração e música (desde o rock independente de salvador até a chula do Samba de Roda de São Braz, passando pelo choro, samba e regional), em cinco edições temáticas, onde se buscou amostrar a efervescência cultural do estado. Como num grande sarau, além de estar em meio a essa produção, o público também teve espaço para interagir e apresentar sua própria arte.

    Outros destaques foram as apresentações na Reitoria da Universidade Federal da Bahia (2009) e o encerramento do Fórum Social Mundial (2010).

    Com a viagem de um de seus integrantes para fora do país, as atividades foram suspensas no início de 2010 e retomadas no segundo semestre de 2012, quando a banda se prepara para lançar seu primeiro EP e voltar aos palcos.
  • Músicas