MUSEU DO ESQUECIMENTO
  • Informações da Banda

    MUSEU DO ESQUECIMENTO

    MUSEU DO ESQUECIMENTO

    "Modernizar o passado é uma evolução musical. O Museu é a mão da novidade a mexer na sopa estagnada de nossa MPB: samba, rock, seresta, folia vocal... O ovo do novo eclodindo suave nos ouvidos. Acordes de Sol na cena cinza da música brasileira. Brilho e luz própria." (Beto Bellini)

    “Mais que cultura, é a arte; a ponta da lança que perfura a redoma invisível do sistema que nos isola do mundo das sensações. Mais que músicas, o som do Museu são mantras poéticos que nos elevam para além desta realidade opressora; é a fina e afiada lâmina estourando a bolha cultural criada por bolhas da mídia, censores da evolução espiritual da humanidade. É só ouvir, abrir as asas e deixar a alma voar...” (Beto Bellini)

    Uma proposta sonora e visual resultante do movimento dialético entre as estéticas da fome kafkiana, do realismo grotesco rabelaisiano, do Cinema Novo de Glauber Rocha e do Cinema Marginal de Júlio Bressane e Rogério Sganzerla. Uma tentativa de nos libertar da condição de escravos culturais a partir da criação de uma estética que represente os reais valores e anseios de um povo colonizado e que questione os valores tecnológicos, políticos e morais de uma sociedade estagnada. Um incômodo aos olhos e ouvidos habituados ao convencional através de uma representação do oposto, tendo como matriz a miséria de recursos balizada na deficiência técnica e no analfabetismo funcional, sintonizados com nosso lugar no "terceiro mundo". A quem quiser se aventurar, uma oportunidade de experiência estética baseada em nossa própria condição enquanto seres humanos e sociais, que tem na escassez de recursos o principal elemento criador. Mais do que música enquanto produto comerciável, é a ponta da lança que perfura a redoma invisível do sistema que nos isola do mundo das sensações mais humanas. Ainda que nossos corpos nos prendam às falsas realidades impostas culturalmente, nossas mentes estão livres para criarmos nossa própria história. MVSEVM

    Integrantes:
    Amarildo Pereira (bateria e percussão)
    Carlos Alberto Bellini (poesias)
    Cleiton Custódio (percussão, dança e voz)
    Cleo Custeau (contrabaixo, guitarra, violão e voz)
    Guilherme Marin (guitarra, contrabaixo, violão, sax tenor e voz)
    Ivo Bragante (sax alto, sax soprano, flautas e voz)
    Rafael Marin (viola caipira, cavaquinho e teclados)

    Downloads: Mapa do Palco Rider

    Telefone: (19) 9 9158 6609 / (35) 9186 7629
    E-mail: [email protected]

    Origem: Porto Ferreira - sp (Brasil)

    Residência: Porto Ferreira - sp (Brasil)

    Estilo
    samba, rock, blues, brega, baião, valsa, jazz, música para cura e meditação

    Redes Sociais

  • Músicas

  • Vídeo