moribundos
  • Informações da Banda

    moribundos

    moribundos

    Moribundos, aqueles que estão quase a morrer, que agonizam, fenecem. Mas no exercício instintivo pela vida, se debatem incontrolavelmente, lutam e não cessam. Assim se sentiam cinco jovens moribundos, desempregados e sem perspectivas futuras quando em 2003 decidiram formar uma banda, como expressão de sua realidade convalescente. Com músicas autorais e uma sonoridade única uniram o som frenético e instigantes do Rock in Roll com as estruturas repetitivas, das notas graves e expressivas do blues e umas pitadas de grunge.

    Admiradores do rock’n’roll clássico e seus precursores, a Moribundos carrega influências de Robert Jonhson, Rolling Stones, Ten year after, Led Zeppelin, passando por bandas brasileiras como Mutantes, Ave Sangria, seguindo pelo mundo do underground com Pearl Jam e Stone temple Pilots.

    Fazendo a princípio apresentações em bares e eventos alternativos do subúrbio da zona. Em 2009 grava seu primeiro EP, MORIBUNDOS, onde começa a despontar em eventos e festivais de maior porte dentro do estado de Pernambuco. Destaque no programa Observa e Toca Malakoff, programa Sopa de Auditório apresentado por Roger de Renor, Festival de Inverno de Garanhuns, OI Novo Som, Estúdio AESO Barros Melo, na Feira Música Brasil e no PRÉ AMP 2010, além diversos Pólo do Carnaval do Recife.

    No inicio de 2011 lança seu segundo EP, NÓS HABITAMOS O LADO ESCURO DA CIDADE ONDE AS LUZES NÃO CONSEGUEM CHEGAR, produzido por Adriano Leão e Neilton Carvalho. Em 2014 a banda gravou o seu terceiro trabalho, o EP intitulado LÁ VÊM ELES COM SUAS MÃOS SUJAS, nome da quarta faixa deste disco que já passou pela Quarta Cinza Rock, Casa de Show Polgo Pub, Espaço Aberto Suburbano, Festival Cool di Grudi e Festival Sinta-se em Casa.

    Outro destaque na sonoridade e apresentações da banda Moribundos é a utilização exclusica de amplificadores personalizados Altovolts, que utilizando uma tecnologia antiga - As válvulas. Componentes que trabalham com alta tensão e têm um som característico, mais orgânico. O transistor é mais frio na reprodução das notas musicais, o que reflete na qualidade do som que agrada mais aos ouvidos treinados do que os aparelhos atuais.
    Saia de sua inercia e ouse de debater ao som do Moribundos!

    Integrantes:
    Marcelo Gomes - voz
    Gilson Gerrard - guitarra
    Luciano Gomes - guitarra
    João Paulo - bateria
    Demetrios Ferreira - baixo

    Downloads: Mapa do Palco Rider

    Telefone: 55 81 8796 4992 / 3050 2813 / 9935
    E-mail: [email protected]

    Origem: Recife - pe (Brasil)

    Residência: Recife - pe (Brasil)

    Estilo
    Rock

    Redes Sociais

  • Moribundos, aqueles que estão quase a morrer, que agonizam, fenecem. Mas no exercício instintivo pela vida, se debatem incontrolavelmente, lutam e não cessam. Assim se sentiam cinco jovens moribundos, desempregados e sem perspectivas futuras quando em 2003 decidiram formar uma banda, como expressão de sua realidade convalescente. Com músicas autorais e uma sonoridade única uniram o som frenético e instigantes do Rock in Roll com as estruturas repetitivas, das notas graves e expressivas do blues e umas pitadas de grunge.

    Admiradores do rock’n’roll clássico e seus precursores, a Moribundos carrega influências de Robert Jonhson, Rolling Stones, Ten year after, Led Zeppelin, passando por bandas brasileiras como Mutantes, Ave Sangria, seguindo pelo mundo do underground com Pearl Jam e Stone temple Pilots.

    Fazendo a princípio apresentações em bares e eventos alternativos do subúrbio da zona. Em 2009 grava seu primeiro EP, MORIBUNDOS, onde começa a despontar em eventos e festivais de maior porte dentro do estado de Pernambuco. Destaque no programa Observa e Toca Malakoff, programa Sopa de Auditório apresentado por Roger de Renor, Festival de Inverno de Garanhuns, OI Novo Som, Estúdio AESO Barros Melo, na Feira Música Brasil e no PRÉ AMP 2010, além diversos Pólo do Carnaval do Recife.

    No inicio de 2011 lança seu segundo EP, NÓS HABITAMOS O LADO ESCURO DA CIDADE ONDE AS LUZES NÃO CONSEGUEM CHEGAR, produzido por Adriano Leão e Neilton Carvalho. Em 2014 a banda gravou o seu terceiro trabalho, o EP intitulado LÁ VÊM ELES COM SUAS MÃOS SUJAS, nome da quarta faixa deste disco que já passou pela Quarta Cinza Rock, Casa de Show Polgo Pub, Espaço Aberto Suburbano, Festival Cool di Grudi e Festival Sinta-se em Casa.

    Outro destaque na sonoridade e apresentações da banda Moribundos é a utilização exclusica de amplificadores personalizados Altovolts, que utilizando uma tecnologia antiga - As válvulas. Componentes que trabalham com alta tensão e têm um som característico, mais orgânico. O transistor é mais frio na reprodução das notas musicais, o que reflete na qualidade do som que agrada mais aos ouvidos treinados do que os aparelhos atuais.

    Saia de sua inercia e ouse se debater ao som do Moribundos!
  • moribundos

    moribundos-la-vem-eles-52df4700add7c.jpg img_9913-5321a71c1d435.JPG img_9933-5321a7b47605d.JPG img_9889-5321a7f98f0a3.JPG img_5786-5321a8261d443.JPG img_9943-5321a87f6f56e.JPG img_9939-5321a8f8eb099.JPG img_9932-5321a949c8c0c.JPG img_9920-5321a9a760744.JPG img_9923-5321a9d68813e.JPG dsc_0194-55e8d9f3a579a.JPG dsc_0183-55e8da1bbcf3f.JPG dsc_0173-55e8da6964e4a.JPG dsc_0203-55e8da8fe505b.JPG dsc_0203-55e8dc9abacb4.JPG
  • Músicas

  • Vídeo