anemone

anemone

  • Informações da Banda

    anemone

    anemone

    anemone é um projeto que nasceu da desintegração da banda Dolphins e da fusão dos integrantes de outras bandas do bairro santarritense de Tibiri. O som mescla elementos literários com influências do rock gringo, mais precisamente com o artrock, o pós-punk da década de 8O, o Alternativo noventista, o folk, o pop e, é claro, a psicodelia dos dourados anos 6O.

    Integrantes:
    Alan Pear
    Luiz Carlos Crônico
    Isaac Ryan
    Daniel Matheus

    Telefone: (83) 8789 4155
    E-mail: [email protected]

    Origem: Santa Rita - pb (Brasil)

    Residência: Santa Rita - pb (Brasil)

    Estilo
    Rock e suas mais variadas vertentes.

    Redes Sociais

  • Retorno aos estúdios

    Pra quem ainda não sabe, Anemone está de volta aos estúdios e já tem material inédito a ser lançado num próximo album. Por enquanto, estamos liberando versões alternativas acústicas bem despojadas como aperitivo desse novo trabalho. Elas estão disponíveis aqui e na nossa página no Facebook pra você baixar livremente.
    Pear
  • Auri Sacra Fames (letra)

    Alan Pear, Jan/2011

    Se eu sou o que tenho
    Todos sabem que quem tem menos vale um vintém
    Menos que um cruzeiro ou mais que um milhão de dólares sujos
    Money, money, money

    Se eu não sou o que penso
    Quanto vale o pensamento de um Zé Ninguém,
    De um pobre mendigo ou de um nobre lorde de luvas brancas?
    Money, money, money

    Mas quem tem um quer mais dois por três milhões
    Que estão com o ladrão que procura o tesouro escondido
    Nos bolsos de um irmão...

    Mãos leves em luvas brancas

    Mas se eu sou o que penso
    O meu penso vale bem mais que contos de réis
    Guardados num banco ou a sete-chaves num cofre escuro
    Money, money, money

    Mas se o tempo é dinheiro
    Todos correm contra o tempo para chegar
    Não há derradeiros, somente os primeiros serão os primeiros
    Money, money, money

    Mas quem tem um quer mais dois por três bilhões
    Que estão com o charlatão de olho no contrabando vendido
    Das mãos de um irmão...

    Mãos sujas em luvas brancas
    Mãos brancas em luvas negras
    Mãos leves em luvas brancas
  • Amor em tom maior (letra)

    Alan Pear, Janeiro de 2012

    Eu quero pertencer ao mundo e a você
    Cansei de ser um só debaixo do lençol
    Que envolve o meu tédio e aquece minha febre
    Não chamem o Doutor que eu quero só morrer de amor
    Do amor perfeito em tom maior

    Vamos nós assim, esperando o fim
    Mas o fim não vem, nem virá ninguém
    Pra te socorrer, te salvar de você
    Se mesmo você não está pra ninguém

    Eu sei, baby, eu tentei ter muitos amigos
    Dizer “todos por um”, dançando em volta do fogo como numa tribo
    Talvez um Partido, quem sabe pertencer
    A uma banda de rock’n roll alternativo sem alternativas
    A não ser cantar as canções do perfeito amor
    Do amor perfeito em tom maior

    Vamos nós assim, esperando o fim
    Mas o fim não vem, nem espere alguém
    Pra te absolver, te livrar de você
    Se este mesmo alguém está fora da Lei
    Vamos nós assim, esperando o fim
    Mas o fim não vem, nem virá ninguém
    Pra te socorrer, te salvar de você
    Se mesmo você não está pra ninguém
  • Boa noite, Saturno (letra)

    Alan Pear, escrita pela 1ª vez em Março de 2001.

    Parado estou e vejo que Vênus está em Gêmeos
    Trazendo o velho dialeto que o Mestre tentou ensinar-te
    Calado estou, atônito no movimento
    Pra onde nos leva esse vento? Talvez para as dunas de Marte
    Dizem que vem vindo um grande meteoro
    De novo somos dinossauros Dinossauros do futuro

    E o futuro dorme em Saturno, perdido no espaço
    Para com o passado encontrar de novo
    Este é o nosso mundo. Boa noite, mundo

    Dizer não. Contestar teu comportamento
    Antes do novo advento. Bem antes da próxima moda
    Dizer sim pra voz que lá dentro não cala
    Enquanto esperas na sala a nova onda tecnológica
    Dizem que vem vindo uma era geleda
    Neptuno virá lá do nada Do nada para o futuro

    E o futuro dorme em Saturno, perdido no espaço
    Para com o passado encontrar de novo
    Passo a passo andamos para o oceano
    Seguindo os passos do plano do acaso
    Este é o nosso mundo. Boa noite, mundo.

    Parado estou e vejo que estás aturdido
    Pro mestre que fala em silêncio
    Calado com teu alarido
  • Rosa dos ventos (letra)

    O mundo é um botão que cabe no bolso e na palma da mão
    E você passou como um vento-norte vira vendaval
    Daqui do Marco-zero eu posso seguir qualquer direção
    Por retas e ruas que me levam para além de onde estou
    Eu sei onde estou
    Sei por onde vou
    Sei bem quem eu sou

    No mapa da mão, na linha da vida, na reta final
    Você se perdeu na curva ascendente de uma espiral
    Se toda parte do centro do mundo é o centro do Cruzeiro do Sul
    As setas e placas me guiarão para além de onde estou
    Eu sei onde estou
    Sei por onde vou
    Sei bem quem eu sou

    Quero seguir o Sol, sob 40 graus
    Quero seguir pro mar, só para fugir do caos

    No meu Mapa Astral, as cartas disseram do nosso final
    Eu estou, então, no meio do nada, e tudo é tão bom
    Daqui da Praça do Meio do Mundo eu tenho toda direção
    E retas, e ruas que pra bem longe de você levarão
    O mundo é um botão
    Na palma da mão
    No mapa da mão
    Hey!

    Quero seguir o Sol, a mais de 40 graus
    Quero seguir pro mar, sem que você esteja lá
    Quero seguir pro sul, abaixo de zero graus
    Acima do nível do mar, só para fugir do caos

    Mas, eu nunca estive aqui
    Você nunca esteva lá
    A vida passa como um Faz de Conta
    que eu acredito que você vai voltar
  • Portal (letra)

    Agora os radares estão sobre mim, estão a me perseguir
    Todos os sensores vão me escanear com olhos de Raio X, de raio X
    O horizonte é real, pode está perto daqui
    Tenho a estrada cardeal que me levará de onde eu vim

    Eu tenho satélites para guiar-me como todo bom guru
    Seus detectores vão escanear a alma do bom monge, do bom monge
    Tenho a “senha” do portal que estará diante de mim
    No paraíso ancestral, livre do Pecado Original

    Agora os hackers querem se infiltrar no meu DNA
    Mas meus anticorpos vão me resgatar pra fora da Matrix, da Matrix
    O horizonte é real, pode está bem dentro de mim
    Tenho a estrada cardeal que me levará de onde eu vim
    Tenho a “senha” do portal que estará diante de mim
    No paraíso ancestral, livre do Pecado Original
  • A Quinta Estação (letra)

    Parem o planeta azul
    Que vamos subir
    Num balão de CO2
    Depois explodir

    E os carros não podem parar ao nosso redor
    Enquanto que o céu está pra desabar sobre a Torre de Babel, nosso doce lar
    Jesus vai voltar numa sonda estelar para o ultimo adeus

    Parem o planeta azul
    Que vamos subir
    Num balão de CO2
    Pra depois sumir
    No céu de azul-carmesim-fuligem-carvão
    Sobre o mar de radiação
    Voar é tão bom

    E os carros voam sem parar ao redor do sol
    Enquanto que o céu está pra desabar sobre a Torre de Babel, nosso doce lar
    Jesus vai voltar numa sonda estelar para o ultimo adeus

    Perdidos num balão gás ao redor do sol
    Sem chances para voltar atrás
    Ao redor do sol num balão de gás
    Sem chances para voltar atrás

    E os carros rodam sem parar como num carrossel
    Enquanto que o céu está pra desabar sobre a Torre de Babel, nosso doce lar
    Jesus vai voltar numa sonda estelar
    Sobre a Torre de Babel, nosso doce lar
    Jesus vai voltar numa sonda estelar para o último adeus

    Salvem o planeta azul
    Sob o mar de radiação
    Parem o planeta azul
    Viva a quinta estação

    Já vem um verão com mais calor humano
    Quero um lugar ao sol pra mim e para todos
    Mas já vem um verão com mais calor humano
    Quero um lugar no sol pra mim e para todos
  • Fotos

    new-capa-50f888f48cdf8.jpg 12418873_1667178676858644_4999213373773612972_o-56a833e7e7105.jpg 12440343_1670163936560118_260132070316569846_o-56a833fec3712.jpg 11872192_1670163959893449_9151083238115837671_o-56a8341fd07ff.jpg dscn5891-56a82e6aaf13c.JPG dscn5887-56a82f0545467.JPG 995037_273919359425011_493067979_n-56a8330fe74e2.jpg 1553108_273923339424613_2096918701_o-56a833577a18f.jpg 10694207_811722415514832_4849835914996260727_o-56a831c8b2e78.jpg 10514346_10152477698572239_2421680069000726018_o-56a83191c95b1.jpg postar1-535f0bff3b75d.JPG 11157469_895131737220209_1592495305387833739_o-56a83116e458b.jpg 11169578_895132047220178_713786353948563290_o-56a8315072fca.jpg img-20150530-wa0016-56a832d42cc07.jpg img-20150530-wa0037-56a8320297391.jpg img-20150530-wa0038-56a8322b74c6b.jpg 12191089_1047748838603328_4019279980597281737_o-56a83392b864b.jpg 12194584_1047790548599157_1307340348294373690_o-56a833b0da022.jpg 11428202_653325068101651_2303453218897958036_o-56a8302e64d1c.jpg dscn5447-56a8306ddaa7f.JPG dscn5493-56a830e00110f.JPG 12237967_1055261411185404_1169556491430782228_o-56a82f56071d5.jpg 11921595_854284597969934_1169543531577808947_n-56a82f689ea8d.jpg dscn8445-56a82ff566694.JPG dscn8449-56a82fbb2154f.JPG 1186135_538690132866652_1293486619_n-52eb0bcfbb7b0.jpg 735505_426270764151642_1379690809_o-52eb0bf7dbfc5.jpg 1291648_426270877484964_1644881131_o-52eb0c256f500.jpg luiz-1-52eb125ea2e94.jpg grito-rock-10-515a564727fd3.jpg isaac-playing-52eb13a4a3ef6.jpg grito-rock-2-515a55de027fe.jpg dsc03381-52eb09c62de7a.JPG dsc03410-52eb0acd63221.JPG cut-56a82d6f2c9ec.JPG dscn3480-56a82db552bd9.JPG dscn3665-56a82e092ab63.JPG postar3-535f0ca93c9b0.JPG postar4-535f0b9e5fc92.JPG igreja-011-50f5fcc06ed00.jpg
  • Músicas

  • Vídeo